s5.com

2023-05-26 10:11:57 | em99t

$f.uc_title$

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve anunciar nesta quinta-feira (25) uma série de medidas que visam baratear o pre?o dos carros populares no Brasil. Entretanto, uma das a??es previstas já foi recha?ada pela administra??o federal: a libera??o do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Servi?o) para liberar a compra dos automóveis. Conforme informa??es do portal Metrópoles, a ideia de liberar o FGTS come?ou a ser ventilada por representantes da indústria, mas sofreu resistência dentro do governo. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, manifestou-se publicamente contra a medida. CONFUS?OGrava??o de filme com Larissa Manoela termina em pancadaria e confus?o; veja vídeo JUIZ DE GARANTIAS“Acabem com as férias de dois meses”, sugere Gilmar Mendes Hoje, com base na legisla??o brasileira, o saque do FGTS só é permitido em situa??es específicas: demiss?o por justa causa; compra da casa própria; e doen?a grave do trabalhador ou de dependente. O fundo funciona como uma espécie de “poupan?a” dos trabalhadores. window.uolads && window.uolads.push({ id: "banner-300x250-1-area" }); Apesar de descartar a possibilidade de liberar o FGTS para a compra dos veículos, o governo Lula ainda aposta em outras medidas para facilitar o acesso da popula??o a carros populares. O atual presidente da República tem reclamado com frequência dos pre?os praticados, alguns até na faixa dos R$ 90 mil.